Ventos fortes deixam rastro de destruição em Tubarão

Telhado de galpão foi arrancado pela força do vento

A tempestade e ventos fortes que atingiram o Sul de Santa Catarina durante o domingo deixaram rastro de destruição por onde passou. Além de matar uma criança de sete anos após a queda de uma árvore em Tubarão, a tempestade de ontem destelhou casas, destruiu imóveis e interditou ruas da cidade.

 

Muitos outdoors e placas que ficam na beira estrada estavam caídos nesta manhã. João Bernardine, proprietário do posto de gasolina às margens da BR-101 foi um dos comerciantes que teve prejuízos com as chuvas. O estabelecimento em que administra perdeu parte do telhado com o vento da última noite.




— Nunca vi algo parecido na minha vida. O telhado era novo e ficou destruído. Estava em reforma, e ia reabrir o posto em novembro. Agora não sei mais quando consigo. O prejuízo deve ser de R$ 1,5 milhões — afirmou.

 

Estrutura de posto de gasolina às margens da BR-101 foi comprometida Foto: Léo Munhoz

 

De acordo com o Corpo de Bombeiros da cidade, apesar do cenário desolador, a maioria das ocorrências geradas nas últimas horas foram por destelhamento. Mesmo assim, devido o grande número de trabalho, o município recebeu reforço de profissionais de Criciúma e São José.

 

— A maior parte das ocorrências na cidade foram de destelhamento, corte de árvore, incêndio e limpeza — explicou o capitão Diogo Clarindo.

 

O aposentado e dono de um dos galpões atingidos em Tubarão, José Damian da Silva, afirmou nunca ter presenciado ventos tão fortes. Além da propriedade, seu Damian teve danos na residência.

 

— Perdi tudo. Moro aqui em Tubarão há 40 anos e nunca vi um vento tão forte — afirmou.




No bairro Humaitá, na rua Padre Geraldo Spettmann, próximo à rodoviária de Tubarão, um sobrado teve o telhado completamente arrancado com a força do vento. De acordo com a Defesa Civil, os ventos chegaram a 97 km/h no momento do vendaval.

 

Rua Padre Geraldo Spettmann, no bairro Humaitá, telhado de uma residência oi completamente arrancado

Rua Padre Geraldo Spettmann, no bairro Humaitá, telhado de uma residência oi completamente arrancado.

 

Caminhão que tombou na Ponte de Laguna será retirado

Caminhão que tombou na Ponte de Laguna será retirado

 

O caminhão com carga de eletrodomésticos que tombou na tarde deste domingo na Ponte de Laguna, no Sul de SC, será retirado da rodovia até às 13h desta segunda-feira. De acordo com informações, moradores da região tentaram saquear a carga que ficou presa dentro do veículo e a Polícia Militar foi chamada. Durante toda a madrugada, cones ajudavam na sinalização da rodovia.

 

Matéria originalmente escrita em: www.dc.clicrbs.com.br